27 de agosto de 2007

walk away

tem horas que a gente tem que largar mão, desistir, jogar tudo pro alto. não adianta ficar se segurando em algo que não vai me deixar feliz, que nao vai ajudar a me deixar melhor (e a comer menos chocolates ao longo do dia), algo que só traz stress e chateação. por isso, nesse fim de semana, eu decidi cortar alguém da minha vida. dói fazer isso sim, como arrancar curativos e pagar contas, mas dói menos que ficar nessa situação que eu estou. eu sou muito lerda pra tomar esse tipo de decisão, protelo até onde dá. tem horas que essa minha inércia é uma merda e só com um chacoalhão pra eu acordar e mudar mesmo. fiquei aporrinhando duas amigas minhas no fim de semana pra chegar nessa decisão, e acho que é a acertada. preciso aprender a mandar as pessoas tomarem no cú e dar as costas. ser coração de manteiga 24h por dia, 7 dias por semana já não funciona mais, poxa!
aguardem cenas dos próximos capítulos (não sendo "vale a pena ver de novo", eu já fico feliz! tá ótemo!!!)

4 comentários:

Paula disse...

ahh não sou eu né?! hehehe
ow fia...precisamos conversar, o que acontece?
te amo!

tato disse...

Seria tudo tão mais fácil se esses cortes não fossem tão dolorosos...

tiagón disse...

rock on.

Angélica disse...

É complicado, mas são coisas que temos que fazer, chega uma hora que temos que fazer uma limpa em nossa vida, tirar coisas que não prestam e dar vez a coisas boas e novas...

beijos, não sei o que ocorre, mas espero que tudo dê certo!