28 de agosto de 2007

porque fofoca é um substantivo feminino!

gente, tô me divertindo horrores lendo sobre o arsebook! (achei no bereteando). é basicamente um orkut pra falar mal dos outros, imagina o caos! já existe o homem é tudo palhaço e o não saia com ele como específicos pra falar mal dessas criaturas do sexo masculino que nem sempre são uns animais: temos os exemplares vegetais também. toda mulher adora falar mal do ex, que dependendo do comportamento que teve pode ser considerado um cachorro, burro, anta, cavalo, e no mundinho vegetal um nabo, uma planta, um chuchu, coisas assim. mas falar mal de ex a gente já faz mais que o suficiente com as amigas (e esses sites já ajudam pra caramba). eu achei o arsebook divertido por um motivo: imagina só, poder fazer tudo o que a mulherada já faz pelo orkut, só que às claras! (é, tenho que ser sincera nisso... mulher AMA esse tipo de coisa. fofocar, xeretar, observar, etc. parece vício!)

eu não consegui me registrar e criar um fake (ahá!) pra xeretar, mas pensei sobre o site e comecei a ficar com um pouco de medo. eu tenho perfil em tudo quanto é lugar, mas tudo mesmo. um site desses me dá um medinho porque eu tenho um histórico vaaaasto de gente maluca atrás de mim. eu, claro, reclamo provocando (ói o tanto de links sobre a minha pessoa ali no menuzinho do lado. nem quero nada, né? faz uma procura por "simone vollbrecht" no google pra você ver!) mas desde colegas de sala xeretas a ex namoradas de namorados meus, de tempos em tempos aparece uma criatura pra atazanar a minha vida na internet. (não só na internet, uns meses atrás tinha um bizarro na real life que me fez evitar um corredor na facul por se-ma-nas! semanas!!!) vai que as ex dos meus ex se juntam com as ex do meu atual namorado e formam uma confraria de neuróticas? vai que fazem reuniões semanais, cara??? e se eu encontrar elas todas juntas, numa das reuniões, o que eu faço? distribuo autógrafos e tiro foto junto, coloco um chapéu e um bigode falso ou taco um molotov?

ano passado eu sabia que um ex meu (de quando eu tinha 15 anos, by the way) voltava a sair com uma determinada menina porque a criatura sempre aparecia na lista de "últimas visitas" do meu orkut, era bem assustador. ela sabia os meus horários, os meus itinerários e até sabia da mala azul-orkut da hello kitty que eu usava pra ir pra faculdade (tá, eu sou jacú!). imagina o que essa pessoa não faria com um site desses!

outra neurótica da minha vida foi uma garota com quem eu tive uma briga feia... erm... cof cof... na sexta série. é, lá nos idos de 98! não foi bem uma briga. ela era minha bully particular, o inferno da minha existência, e eu escolhia simplesmente continuar sendo esquisita, uai! quando me encontra na rua, ela muda de calçada. mandei scrap no orkut quando adicionei a turma toda daquela época e a criatura me bloqueou, apagou os dados pessoais do orkut e sumiu. volta e meia ela aparece xeretando a minha vida e eu morro de medo que ela tire porte de arma (de arma de fogo mesmo, não carteira de motorista!) e venha dar fim na história pra, quem sabe, poder dormir tranquila.

eu não vou me fazer de santa, também xereto a vida dos outros, só que com menos frequência. não tenho tanto saco pra acompanhar a novela da vida real alheia. nem big brother eu assisto, que dirá ficar acompanhando ao vivo (e sem reprise no multishow) alguém! uma das situações mais divertidas é com uma das poucas não neuróticas que se envolvem com ex meus. a menina tem o bom gosto de dividir o nome comigo, e logo que me passaram o perfil de orkut dela pra tirar sarro da coincidência, eu simpatizei. mas gostei mesmo da pessoa. torci quando vi que ela ia fazer vestibular e conferi uns meses depois pra ver se tinha passado. e fiquei feliz por ela quando eles acabaram, porque ele era um mala. e esses dias fui xeretar devolta pra ver como ela ia e achei ela bem feliz, de bem com a vida, parece estar se divertindo. quase mandei um e-mail pra menina, mas o coro de vozes na minha cabeça repetindo "maluca!!! maluca!!! internem!!!" me impediu. outra não tão divertida foi xeretar visitas do meu orkut, descobrir a ex do meu namorado, descobrir o blog dela e que ela coloca foto deles juntos ainda. eca! eca! eca! aí ninguém merece, eu hein! fugi correndo, com as mãos pra cima, gritando em direção às colinas e sem olhar pra trás!

já pensou se todas essas criaturas se juntam? tem aquela piadinha que diz que deus e o diabo nunca poderiam ser mulheres, porque em algum momento da existência iriam acabar conversando, iam ficar amigas e sair pra comprar sapatos e ir no cabeleireiro juntas. no orkut existem as comunidades "eu amo a tchutchuca!" ou "amigos da fulaninha" (mais um teto de vidro: eu ganhei uma dessas de um amigo), imagina as comunidades do arsebook! principalmente se o público for, como eu realmente aposto que será, composto majoritariamente por mulheres! só sei que mais da metade vai ter as palavras biscate, piranha, vagaba e suas versões menos fófix no título.


não vai ter jeito: qualquer hora a curiosidade vence e eu faço um perfil meu lá. eu sei que eu não vou me aguentar! (é, eu sou uma peste...)

3 comentários:

Dani disse...

meu, esse arsebook é O_agente-do-caose-da-discórdia!!! distância, distância! eu sou o tipo de pessoa que prefere nem saber quem entra no meu orkut, só pra não se estressar... :P

Chu disse...

Olha... Tenho taaaanto a comentar sobre seu post que simplesmente não terei tempo de fazê-lo agora. Só digo que me identifiquei com várias partes, incluindo a parte de simpatizar com a menina do ex bofe. Mas, no meu caso, eu era a atual e resolvi xeretar quem era a ex. Menina, apreciei tanto a criatura que cheguei e pensar "entendo por que ele gostou tanto dela. Essa eu respeito". Já pensei em mandar e-mail pra ela também, mas sempre, sempre me refreio, porque sim, seria coisa de maluca MESMO.

Angélica disse...

Eu to sofrendo do mesmo mal, as 2138736 malucas aficcionadas pelo meu namorado, mandando ameaças e escrevendo merdas em fotolog e até e-mails, tive que tirar o direito de pessoas que não tem flog postar no meu fotolog por causa disso...

mas acontece, inveja é algo terrível...

sabe tbm gosto de fuçar em algumas coisinhas de vez em quando, mas manero, pq senão se torna um vício ahuauhhuahua

e vc fica tentando a gente com esses sites...

*pensando sériamente em fazer um perfil no arsebook*

huahuahu

Beijos